Buscar
  • DoQr

Indústria 4.0 - Parte 02 - Big Data Analytics


O fenômeno Big Data é um dos pilares da indústria 4.0, e pode ser definido como bases de dados tão enormes e desorganizadas que seres humanos ou sistemas computacionais tradicionais não têm capacidade analisar e extrair informações – o que levou ao surgimento de ferramentas de análise específicas para a extração de informações de uma maneira que elas possam ser compreendidas e aproveitadas por pessoas e empresas.

Imagine a quantidade de dados gerados por uma rede social em um dia: bilhões de fotos, textos, atualizações de status, conversas, amizades feitas e desfeitas, novos empregos e novos interesses. Ali existem informações de enorme valia, por exemplo, para empresas conhecerem melhor seus públicos, mas a análise humana “manual” desses dados torna praticamente impossível a tomada de qualquer tipo de decisão com rapidez, uma vez que nossa capacidade analítica e interpretativa é limitada àquilo que podemos ler, ouvir, e entender de acordo com nosso repertório individual. Por isso, foram criadas soluções digitais para extrair, dessa montanha de dados, aquilo que realmente vá interessar às empresas, de maneira rápida, barata e eficiente.

O mesmo vale para a indústria: os dados são gerados a todo momento, seja via sensores no processo, via coletas em campo, via observações humanas ou pela internet. A tomada de decisões de gestores da indústria, no entanto, precisa se basear nesse enorme volume de dados e, ainda por cima, ser rápida e precisa. Portanto, ele deve ser provido de informações confiáveis e atualizadas, sob risco de causar prejuízos ou acidentes. Isso tem levado muitas empresas a eliminar o uso de métodos manuais de coleta de dados em campo, mitigando riscos de erros e potencializando a qualidade das decisões tomadas por sua equipe.

Fernando Darcie


#doqr #bigdata #iot #industria #industria40 #bigdataanalytics

4 visualizações