Buscar
  • DoQr

Do papel à tela do celular




Startup criada por lençoenses possibilita o armazenamento e o acesso digital a qualquer tipo de documentação de equipamentos

Angelo Franchini Neto

Ana Paula Valdevino, Fernando Darcie, José Geraldo Darcie e Paulo Roberto Dalben. O que esses quatro têm em comum? O sonho de, junto com uma equipe multidisciplinar, acabar com as pilhas de papel, os pen drives que de vez em quando somem e os arquivos perdidos em HD. Sonho este que se tornou realidade através da startup DoQR, que deu origem ao aplicativo Qforms.

Para entender melhor qual é a proposta do grupo, é importante mergulhar no passado, há exatos quatro anos. Na época, a empresa Fundamento Consultoria Industrial e Engenharia sentiu dificuldades no processo de checklist da NR12 (Norma Regulamentadora 12), que tem como objetivo garantir que máquinas e equipamentos sejam seguros para o uso do trabalhador. “Percebemos que, depois de finalizado o trabalho, tínhamos umas 15 mesas cheias de papel e que continham dados de aproximadamente 15 mil equipamentos. Então pensamos: por que não ter uma tecnologia que concentrasse toda essa papelada?”, lembra Fernando.


Após absorver todo o ‘know how” da NR12, a Fundamento começou outro trabalho, desta vez com 16 usinas sucroalcooleiras.

“O trabalho teria que ser entregue em seis meses, ou seja, o tempo era bastante apertado. Daí começamos a buscar alguns aplicativos no mercado que nos auxiliassem no processo”, reforça Ana Paula. Nesse meio tempo, a empresa recebeu ainda outras propostas que envolviam questões de rastreabilidade. “Foi nesse momento que decidimos desenvolver um aplicativo interno que controlasse esse checklist. Ele era modelado para nós e não tinha nada de comercial”, garante a jovem. Nascia ali, há mais ou menos um ano, a startup DoQR.

A ideia foi tão genial que a startup foi apadrinhada pelo Sebrae-SP. “O pessoal disse que aquele aplicativo era escalável, ou seja, daria para vendê-lo em escalas”. O que era apenas uma prática interna se tornou uma solução web para indústrias que possibilita o armazenamento e o acesso digital a qualquer tipo de documentação de equipamentos.

Hoje, a startup DoQR atende seis clientes através do aplicativo DoQR. Os serviços oferecidos vão desde simples registros de pontos até controle para certificação de qualidade. Mas os horizontes vão muito mais além. “O aplicativo é personalizado , ou seja, atende à demanda que a empresa quiser. Um grande nicho que descobrimos é a segurança do trabalho, na qual é possível trabalhar controle de EPI (Equipamento de Proteção Individual), normas regulamentadoras, entre outras situações. Tudo com rastreabilidade e redução de erro”, finaliza Ana Paula.

Para conhecer mais do aplicativo, basta acessar a página no YouTube DOQR ou no Instagram @do_qr.



Matéria publicada pela Revista O Comércio em 23/03/2020


http://revistaocomercio.com.br/do-papel-tela-do-celular-2/?fbclid=IwAR2vla8VQS6LqTF6ys9A3DTy_Hfk3qN7paWG7yCnUNqo7efsXbBbyKe-gvA

14 visualizações